Castelo de São Jorge, lugar imperdível para visitar em Lisboa com a família

ATENÇÃO: O Castelo de S. Jorge está encerrado na sequência do Plano Nacional de Preparação e Resposta à doença por novo coronavírus (Covid-19).

Tempo estimado de visita: 1:30 a 2h

Vir a Lisboa e não visitar o Castelo de São Jorge é como ir a Roma e não ver o Papa.

Embora pareça um passeio óbvio para quem vem à Lisboa pela primeira vez, não o subestime, ele tem muito mais a oferecer do que você possa imaginar. Não é à toa que ele está em qualquer lista das melhores atrações da cidade.

Além de rico em História, tendo sido o cenário do episódio da conquista de Lisboa em 1147, o Castelo de São Jorge tem atrativos para todas as idades e interesses.

Por estar localizado na mais alta colina de Lisboa o seu miradouro proporciona vistas panorâmicas para a cidade e para o Rio Tejo, além de estar ao lado do bairro mais antigo e tradicional de Lisboa, a Alfama.

Já visitei o Castelo de São Jorge inúmeras vezes e sei que ainda vou visitar mais algumas. Faço questão de acompanhar amigos ou familiares em visita na cidade para descobrir um pouco mais desse espaço, pois há sempre algum detalhe novo a descobrir.

Por que visitar o Castelo de São Jorge com sua família?

Este património histórico é uma das maiores heranças mouras de Lisboa. A fortificação, foi construída pelos muçulmanos em meados do século XI e servia como último reduto de defesa para as elites que viviam na cidadela. Depois da conquista de Lisboa, em 1147, quando Dom Afonso Henriques com a ajuda dos cruzados tomou a cidade dos mouros, o castelo foi ocupado pelos cristãos após um cerco de aproximadamente três meses.

O castelo viveu ainda seus momentos áureos de Paço Real, sendo utilizado pelo rei e sua corte. Foi palco de grandes momentos, como a recepção feita pelo Rei Dom Manuel ao navegador Vasco da Gama depois de regressar da Índia no século XVI.

Além do contexto histórico, ao visitar o Castelo de São Jorge você ganha de brinde uma vista deslumbrante de Lisboa. Do miradouro do Castelo é possível avistar grande parte da cidade, principalmente as zonas da Baixa Pombalina, Praça do Comércio, Avenida da Liberdade, Chiado e o Rio Tejo.

Para as famílias que vem a Lisboa com crianças, encontrarão aqui um amplo espaço ao ar livre para descontrair um pouco com a família.

E finalmente, para se chegar ao Castelo, você terá que subir a colina do Castelo e a caminhada em si já é uma grande atração.

O que ver numa visita ao Castelo de São Jorge com a sua família?

Após passar pela bilheteria, o acesso ao Castelo é feito por catracas que dão acesso diretamente aos jardins e miradouro. Minha sugestão é seguir pela direita, e ir diretamente para a parte fortificada, o Castelejo, deixando os jardins e o miradouro para serem explorados no final.

Ao entrar na fortificação, suba as escadas que dão acesso às muralhas. Lá de cima, você verá a cidade de diferentes ângulos.

Procure a sala onde ocorrem as sessões da Câmera Escura, um sistema ótico de lentes e espelhos que permite observar em tempo real os monumentos e as zonas mais emblemáticos da cidade. É como estar em um tour guiado por Lisboa, mas sem sair do lugar e sem precisar gastar mais nada (a visita já está incluída no valor do bilhete). As sessões ocorrem de 20 em 20 min em diferentes idiomas (português, inglês, francês e espanhol) sempre que as condições do tempo permitirem. Basta ficar na fila ao lado da sala e esperar sua vez, já que as sessões são limitadas a apenas 20 pessoas.

Após explorar um pouco a estrutura das muralhas, saia e permita-se relaxar um pouco nos jardins e miradouro.

Se você tiver interesse em história e tiver tempo suficiente, visite o Núcleo Museológico, onde poderá ver uma coleção de objetos encontrados na área arqueológica (Núcleo Arqueológico), que comprovam as diferentes culturas que desde o século VII a.C. ao século XVIII foram contribuindo para a construção da Lisboa da atualidade, com particular destaque para o período islâmico do século XI-XII.

Visitar o Castelo de São Jorge para famílias com crianças e idosos

O castelo costuma agradar crianças de diferentes idades. Os menores vão se encantar com a estrutura do castelo, sua ponte e os diversos pavões que vivem soltos pelo jardim. A propósito, os pavões do Castelo são um espetáculo à parte, desfilam, exibindo-se aos turistas e surpreendem a todos com seus pequenos voos para alcançar os galhos das árvores. O seu lugar preferido são as árvores próximas ao café do castelo.

Se bater uma fome durante a visita, o café possui algumas opções de lanches rápidos. Os banheiros também ficam próximos ao café.

Há que se ter uma atenção especial com crianças e idosos na área do jardim e miradouro, pois o terreno é bastante irregular. A subida às muralhas também merece atenção redobradas com idosos e crianças, já que o caminho é estreito.

Como chegar ao Castelo

A melhor maneira de se chegar ao Castelo é subir a pé pelas ruas da Alfama, Mouraria ou Sé (vai depender de qual for o seu ponto de partida) e ir sentindo o clima dessas regiões que são as mais tradicionais e antigas da cidade.

Mas se no seu grupo há alguma pessoa com mobilidade reduzida, subir as ladeiras até o Castelo torna-se difícil e o melhor é pegar algum tipo de transporte.

Se quiser pegar o transporte público, o mais adequado é pegar o ônibus 737 (autocarro) na Praça da Figueira que vai deixá-lo bem próximo a entrada do monumento.

No caso de preferir o transporte individual, prefira o táxi ao Uber ou outros serviços de transporte individual de passageiros por plataformas digitais.  A região do Castelo é uma das Zonas de Acesso Automóvel Condicionado estabelecidas pela Câmara Municipal de Lisboa e o acesso à carros particulares é condicionado, entretanto os táxis têm livre acesso.

Dicas importantes para visitar o Castelo de São Jorge

  • Antes de sua visita consulte horários e preços de bilhetes na página oficial do Castelo;
  • A maior parte da visita é ao ar livre, lembre-se de planejar a sua visita para um dia de tempo bom, se for possível;
  • Para evitar filas na bilheteria, principalmente nas épocas de alta temporada, como verão e feriados, compre os bilhetes antecipadamente pela internet;
  • Não deixe de visitar a Câmera Escura, é mesmo imperdível, principalmente se você não pretende fazer nenhum tour guiado pela cidade. Em 20 minutos você terá um bom resumo das características da cidade e de fatos marcantes de sua história.
  • Acompanhe a página do Castelo de São Jorge no Facebook. Lá são publicados muitos eventos, visitas guiadas e outras atividades pedagógicas, muitas dedicadas ao público infantil. Super interessante para a criançada aprender um pouco mais sobre este monumento de forma lúdica e divertida.
  • Dependendo da época do ano de sua visita, considere visitar o Castelo no fim da tarde para apreciar o pôr do sol. Lembre-se apenas de consultar o horário do por do sol e o horário de encerramento do castelo para poder conciliar o tempo de visita.

Para demais informações consulte a página oficial do Castelo https://castelodesaojorge.pt/

Castelo de São Jorge

R. de Santa Cruz do Castelo, 1100-129 Lisboa

email: info@castelodesaojorge.pt

Se gostou dessas dicas, compartilhe em suas redes sociais ou por email. E se tiver alguma dúvida ou sugestão para melhorarmos o conteúdo deste post não deixe de entrar em contato.

Até o próximo post!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s